quinta-feira, 31 de março de 2011

Fabricação e reciclagem do vidro

O vidro é fabricado com a fusão do mineral quartzo (dióxido de silício, SiO2) com pequenas quantidade de soda e de potassa. Sua descoberta deve ter acontecido por acaso, quando, nos primórdios da civilização, alguém fez uma fogueira muito quente sobre um solo constituído pela mistura dos citados materiais e obteve assim um material fundido e transparente. Com a inteligência que é típica de nossa espécie, o homem logo encontrou empregos úteis para essa nova substância.

O quartzo utilizado na fabricação do vidro normalmente é proveniente de areias quartzozas muito puras, encontradas em terraços fluviais e principalmente em praias e dunas. Como a maior parte das areias contém pequenos fragmentos de ferro sob a forma de óxidos como a limonita e a magnetita, elas são passadas por um separador magnético que reterá o ferro; mesmo pequenas quantidades desse elemento podem conferir ao vidro uma coloração esverdeada que normalmente não é apreciada pelos consumidores.

Alguns elementos químicos podem ser acrescentados aos vidros para dar aos mesmos certas propriedades físicas desejáveis, como o óxido de chumbo para os vidros óticos (muitos já devem ter reparado que o vidro de uma lupa ou lente de aumento, por exemplo, é mais pesado que o vidro comum), o boro para torná-lo resistente ao calor, produzindo assim panelas de vidro, tubos de ensaio, etc. Outros elementos servem para colorir o vidro, como pequenas quantidades de óxido de cobalto, que tornam o vidro azul.

A reciclagem do vidro, refundindo o mesmo para fabricar vidro novo, não só gasta menos energia que a produção primária desse material, como ajuda a preservar o meio ambiente, pois, como já foi dito, o quartzo utilizado provém de areias quatzosas muito puras de rios ou praias, e a reciclagem dos vidros fará com que menos areia seja retirada desses ambientes, evitando assim maior dano aos mesmos. O vidro não polui o meio ambiente, pois é feito com materiais naturais, sendo praticamente imune ao ataque das intempéries e seu tempo de decomposição, na natureza, é indeterminado.

4 comentários:

  1. PAIA SO GOSTEI DA FOTO

    ResponderExcluir
  2. Olá Sergio sou estudante de Geologia e estou a procura de material pelo tema:Água e Clima: a influência da água na regulação do clima da Terra. Por acaso você não tenha algo parecido pra postar nesse blog ou fornecer algum link que possa ajudar nessa pesquisa, desde já agradeço abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo, pela primeira vez tenho conhecimento desta estrutura, o vidro.
    Parabéns mestre Sergio.

    ResponderExcluir